O Coito Programado é um tratamento para infertilidade de baixa complexidade que consiste em induzir a ovulação da mulher a partir de medicamentos, por via oral ou injetáveis, com acompanhamento de exames ultrassonográficos seriados para verificar o crescimento dos folículos e definir o dia do pico de fertilidade ao longo do ciclo menstrual. O objetivo é orientar o casal quanto ao melhor momento para a relação sexual e, assim, aumentar as chances de gravidez.

Para quem é indicado o Coito Programado

O coito programado é uma opção principalmente para casais cuja causa da infertilidade é a falta de ovulação, também conhecida como anovulação. Para adotar esse método, entretanto, o homem precisa ter uma avaliação de sêmen normal e a mulher precisa ter tubas uterinas e produção de óvulos normais, assim como avaliações hormonais consideradas saudáveis.

Passo a passo do Coito Programado

01

O primeiro passo é agendar a consulta com um especialista para investigar minuciosamente a causa da infertilidade por meio de exames específicos, a exemplo do ultrassom transvaginal, histerossalpingografia, espermograma completo, além de exames laboratoriais e hormonais.

02

Em complemento, são feitas algumas recomendações preparativas à mulher que incluem ter as vacinas em dia, evitar excessos de bebida alcoólica e tabagismo, controlar doenças crônicas e, inclusive, usar ácido fólico para prevenir malformações do feto.

03

Superadas essas etapas, inicia-se o tratamento no 2º ou 3º dia do ciclo menstrual com a administração de medicamentos para estimular o ovário a produzir folículos. Esse processo é acompanhado por ultrassonografias para avaliar o número de folículos em crescimento e o aspecto do endométrio, bem como precisar a data da ovulação.

Importante! A dosagem do medicamento e a escolha do tipo de administração leva em consideração fatores individuais.

04

Assim que os folículos atingem um tamanho considerado adequado, utiliza-se uma dose de hormônios para promover a maturação final do óvulo e a sua saída do ovário. Feito isso, o casal é orientado a manter relações entre 36 e 40 horas depois — daí o nome “Coito Programado”.

05

Passados 15 dias da comprovação da ovulação pode-se realizar o teste de gravidez para verificar se houve sucesso no tratamento.

Veja também outros métodos eficazes de reprodução assistida

Fertilização
In Vitro

Inseminação
Artificial

Coito
Programado

Congelamento
de óvulos

Congelamento
de embriões

Congelamento
de sêmen

Diagnóstico
Pré-Implantacional